Poesias, assim como crianças são dádivas de Deus.

A alquimia da vida presentes em meus atos.

 

"Deus tudo perdoa, o homem pode até perdoar. Mas, a mãe Natureza, jamais perdoará o que fizermos."



Textos
Título Categoria Data Leituras
As lembranças de um passado distante Poesias › Saudade 14/09/22 5
Beto Poesias › Saudade 12/01/18 12
Memórias Poesias › Saudade 02/11/17 11
Saudade Poesias › Saudade 02/11/17 11
Quinze anos nos braços do Pai Poesias › Saudade 06/11/16 10
Minhas lembranças Poesias › Saudade 24/09/16 11
Elos de um passado Poesias › Saudade 18/07/16 17
Saudades Poesias › Saudade 28/02/16 9
Balas de canhão por botões de rosas Poesias › Saudade 18/10/15 11
Filho Poesias › Saudade 03/10/15 18
Agora Poesias › Saudade 03/10/15 8
Você Poesias › Saudade 09/11/14 10
Saudade não tem preço Poesias › Saudade 03/10/14 15
Um passado que sempre volta Poesias › Saudade 20/03/12 16
Um dia nos veremos Poesias › Saudade 27/01/12 18
A despedida Poesias › Saudade 13/12/11 17
Tu és pó e ao pó voltarás Poesias › Saudade 11/10/11 32
Pensamentos... Poesias › Saudade 28/08/11 11
Vida Humana Poesias › Saudade 27/12/10 11
Gabriel, meu anjo Poesias › Saudade 30/10/10 17

 
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
e mail: alegabema@gmail.com