Poesias, assim como crianças são dádivas de Deus.

A alquimia da vida presentes em meus atos.

"Deus tudo perdoa, o homem pode até perdoar. Mas, a mãe Natureza, jamais perdoará o que fizermos."

Textos
Título Categoria Data Leituras
Gratidão Poesias > Comemorativas 30/06/18 9
Respiração Poesias 24/06/18 9
17 anos Poesias > Amizade 24/06/18 14
Agradecida a Deus. Poesias > Alegria/Felicidade 24/06/18 12
Encruzilhadas da vida Poesias > Perdão 23/06/18 8
É hoje a festa Poesias > Comemorativas 23/06/18 13
Tempo Poesias > Góticas 23/06/18 7
De repente Poesias > Solidão 23/06/18 15
Emmanuel Castro Poesias > Vida 17/06/18 10
Erros cometidos Poesias > Reflexão 17/06/18 9
Depressão como sair? Poesias > Solidão 09/06/18 24
Ser verdadeira em ações e palavras Poesias > Cotidiano 08/06/18 11
Salário de professores e políticos - desigualdades Poesias 07/06/18 7
Assim de repente todos erram Poesias > Perdão 06/06/18 12
Questões a Deus Orações 06/06/18 12
Meio no qual vivemos Poesias > Reflexão 05/06/18 10
Reflexivamente Poesias > Cotidiano 05/06/18 10
Andanças Poesias 04/06/18 7
Segurar novamente nas mãos de Deus. Poesias > Transcendentais 02/06/18 10
Oração Poesias > Transcendentais 02/06/18 8
Página 3 de 77 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
e mail: alegabema@gmail.com