Poesias, assim como crianças são dádivas de Deus.

A alquimia da vida presentes em meus atos.

"Deus tudo perdoa, o homem pode até perdoar. Mas, a mãe Natureza, jamais perdoará o que fizermos."

Textos
Título Categoria Data Leituras
Agradecimento as editoras na qual faço parte Poesias > Família 25/12/17 14
Noite de Natal Poesias > Comemorativas 24/12/17 7
Saúde do Brasil Artigos > Saúde 24/12/17 12
Mudanças Poesias 21/12/17 8
Natal sincero ou apenas aparências Poesias > Reflexão 20/12/17 14
Limpeza pública Artigos 20/12/17 7
2017 findando Poesias > Esperança 30/11/17 9
Blessed Brands Homenagens 29/11/17 16
Conselho para ti,minha filha. Poesias > Amor 26/11/17 10
Tempo Poesias > Espiritualistas 26/11/17 9
Dançar,bailar, desfrutar de endorfinas. Poesias > Vida 25/11/17 9
Filhos que crescem Poesias 25/11/17 7
Acessibilidade, mobilidade e outros assuntos. Artigos > Sociedade 24/11/17 18
Oração pelos filhos Orações 21/11/17 20
Situação difícil dos docentes das SEEs do Brasil. Artigos > Educação 14/11/17 9
Gratidão, filho. Homenagens 06/11/17 9
Flores aos mortos Artigos > Religião/Teologia 04/11/17 12
Falta de inspiração Poesias 03/11/17 10
Carta de elogio enviada a SEESP Cartas 02/11/17 17
Liberdade Poesias 02/11/17 11
Página 3 de 72 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
e mail: alegabema@gmail.com