Poesias, assim como crianças são dádivas de Deus.

A alquimia da vida presentes em meus atos.

"Deus tudo perdoa, o homem pode até perdoar. Mas, a mãe Natureza, jamais perdoará o que fizermos."

Meu Diário
03/11/2012 13h41
Arte de conviver


 Hoje vi partir algo especial de meu coração, não sei o por que descrevi meus sentimentos a você por e mail, mas descrevi.



Tudo que senti, e que você aos poucos desperdiçou, o nosso tempo não mais sólido, mas efêmero se produz nas cicatrizes que me arruinou.



Tenho medo de te perder, Edú, mas você muito me magoou, e hoje a decisão é tua.



Sei que depressiva estou, e não nego, isso para ninguém.



Bem sei que o tempo para nós está refletindo em lições que desfavorecem o coração, a emoção do sonho, a escala de nossas vidas.



O que vou fazer???



Você partiu de repente, me deixou por instantes.



Agora o medo se faz presente e eu quero resistir a tudo.



E, sem você, não sei se vou suportar.



Publicado por Teka Castro em 03/11/2012 às 13h41
Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
24/11/2011 07h52
Aprendizagem

Aprender é uma arte,

Na qual estou aqui a comentar,

Vivenciar cada dia, como se fosse o último,

Agradecer por estar viva,

Reconhecer-se em algumas pessoas...

Ter mais que alguém especial para você compartilhar.

Aprendi a força da vida,

E, que às vezes, lamento demais.

Aprendi com Celma, uma ex-aluna querida,

Que a vida é passagem,

E, as lembranças devem ser valorizadas.

Recentemente, ela perdeu a mãe,

E, foi a luta em seu trabalho diário.

E, eu???

Às vezes, me afogo em lágrimas,

Pelos cantos sofro, no que não é tão necessário.

Para aqueles que me conhecem bem,

Sabem o que digo,

Para outros, irão encontrar aqui um ombro amigo.

Sou assim, aprendo a cada dia.

Talvez, por isso, me torne melhor,

Quando escrevo minha poesia.

 

SP.16/12/2010

 


Publicado por Teka Castro em 24/11/2011 às 07h52
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
24/11/2011 07h48
Natal 2010

 

Natal

Não é algo que devemos consumir eternamente.

Não é só a vinda de papai noel, é algo especial.

Que pastores, e outros religiosos tentam explicar...

Mas, o agir é totalmente diferente,

Que se sente no coração.

É algo mais que consumação

É algo, especial, que como poeta não sei escrever.

Partilha e vivenciar experimentos,

Conviver e perdoar.

Mas, será que sabemos fazer isso no cotidiano?

Ou será, que por n razões, somos vistos por questões sociais?

Não sei dizer!!!!

Apenas, há muito o Natal já não tem aquela preocupação

Existe algo dentro de mim,

Que se revestiu em couraça.

Foram as injustiças da vida,

Que nessa época devem ser perdoadas.

Será?

Não vou dar valor a isso.

Sou um ser humano passível de erros.

Sou apenas alguém em busca do CRISTO.

15/12/10.


Publicado por Teka Castro em 24/11/2011 às 07h48
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
24/11/2011 07h43
Arte é arte

O sorriso de minha princesa no ballet, ao lado de seus amigos: Matheus e Duda.

Me fazem acreditar num amanhã mais espontâneo,

Onde o ser humano poderá concluir razões melhores e mais valorizadas.

A princípio, a busca da arte

Há muito faz parte de mim.

Sou uma alquimista que visa o bem estar de todos,

E, que odeia a injustiça.

Por que devemos viver com ela???

As pessoas falam tanto de Deus, mas não O vivem de modo adequado.

Será que tudo que faço, escrevo, vejo é errado?

A arte de bailar nessa vida, tão cheia de incógnitas, tão infinitas possibilidades.

Na verdade, o corpo aos 43 anos, sofre seus percursos,

Mas, a mente, esta em dualidade, ora idosa ora adolescente.

Sou assim, uma artista alquímica,

Ou uma pessoa que ainda busca transformar todo metal em ouro.

Transformar a alma, lidar com as consequências humanas,

Nessa minha arte, sou mais eu.

Me deleito verdadeiramente, e assumo tudo.

Mesmo que o mundo faça de estranheza,

Sou vida, sou arte, sou química, sou Tereza.(Foto)

 

 

São Paulo, 9 de Dezembro de 2010. 10:22H.

 


Publicado por Teka Castro em 24/11/2011 às 07h43
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
24/11/2011 07h38
Reaproveitamento Alimentar

 

 

 

Hoje em dia, vemos a quetão do Meio, soluções que possam ajudar a sustentabilidade, e deixar um futuro promissor aos nossos descendentes.

Observei muito a questão da dra Zilda Arns na pastoral da criança, e inspirada nela, criei na escola onde trabalho, EE Professor Doutor Lauro Pereira Travassos, o projeto Reaproveitamento Alimentar.

Este projeto ainda está em andamento com as turmas dos terceiros anos do EJA, mas pretendo aos poucos inclui-lo em outras séries, tanto do ensino fundamental como do médio(regular).

Existe muito a fazer, replanejar, avaliar, mas percebo que a cada projeto realizado, aprendo um pouco mais.

E, todos nós, poderíamos aprender a modificar nosso paladar, já que somos o que comemos, e estamos cada vez mais obesos e sem saúde.

A questão alimentar é muito importante em nosso cotidiano, e devemos mudar.

Acredito que com medidas mais educativas, e de sustentabilidade poderemos melhorar o mundo, e como um aluno escreveu:"Devemos deixar seres humanos melhores!"(Diego Sousa/3ºD/2010).

Assim, seremos mais felizes e respeitaremos aquilo que Deus nos deu gratuitamente que é a Natureza.

 

SP 8/12/10


Publicado por Teka Castro em 24/11/2011 às 07h38
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Página 1 de 2 1 2 [próxima»]

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
e mail: alegabema@gmail.com