Poesias, assim como crianças são dádivas de Deus.

A alquimia da vida presentes em meus atos.

 

"Deus tudo perdoa, o homem pode até perdoar. Mas, a mãe Natureza, jamais perdoará o que fizermos."



Textos


Bodas de Alexandrita

 

Eduardo, obrigada por todos esses anos estás comigo,

Ser meu amante, amigo e esposo.

Você me conquistou de um modo único.

Você me fez ser mãe de anjos,

Mesmo que tenhamos devolvido dois para Deus.

Você Edú, 

Me ajustou num mundo que não conhecia.

E, aprendeu sobre meu mundo,

Minha poesia,

Minha alegria,

Meu posicionamento.

Você e eu construímos uma estrada única,

Temperamos nossos filhos com mimos,

Com alegrias, e broncas de amor.

Somos perfeitos um para o outro.

Te agradeço nesses 26 anos,

Sei que sofremos desenganos, 

Sei que sofremos dissabores.

Perdemos entes queridos,

É sofrido falar assim, 

Mas, perdemos nossas bases,

Nossas mães.

E, hoje somos nós dois.

Tanto tempo depois, estamos aqui,

E, eu só tenho a te agradecer,

E, dizer obrigada, Shalom, meu esposo.

Te amo!

 

Dia 29/06/2022 - completamos 26 anos de bodas. Lembro do que Maria fez nas Bodas de Canaã. Façamos o que Jesus nos mandar.

Te amo!!!

Teka Castro
Enviado por Teka Castro em 28/06/2022
Copyright © 2022. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


 
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
e mail: alegabema@gmail.com