Poesias, assim como crianças são dádivas de Deus.

A alquimia da vida presentes em meus atos.

"Deus tudo perdoa, o homem pode até perdoar. Mas, a mãe Natureza, jamais perdoará o que fizermos."

Textos


A Difícil Arte de Amar ao próximo
 
Todos nós temos dificuldades em nossas relações pessoais e interpessoais. 
Tem momentos que gostaríamos de ficar só, e de penetrar a cada dia em nossa alma de um modo mais profundo, mais sereno, e saber interpretar nossos desejos de forma harmoniosa.
Todos nós temos no campo familiar, falhas, brigas, intrigas, mas é nesse convívio que também aprendemos em nossos poucos anos de vida a sermos o que somos, e melhorar, reconhecer nossos erros, anseios e atitudes.
Tendo em vista que em 2012, eu acabei provocando uma briga familiar, e tentei lavar a roupa no facebook, hoje até me arrependo disso, e hoje tento postar coisas do dia a dia, poesia, transparecer meus sonhos, meus ideais, a busca da paz, a vivência ambientalista.
Sinto que familiares que quando criança admirava, amava, hoje se perderam muitos nas lembranças, e já nem fazem parte da família, que nos dias de Natal, Páscoa, minha mãe ia à casa da Tia Joaquina, lá fazia o almoço, e a família se reunia. Hoje, esse contato se perdeu.
Vi que fui bloqueada pelas duas pessoas que mais admirei em minha vida, minhas primas, filhas de Tia Joaquina, ...
Mas, sei que o tempo tudo resolve.
Dor de barriga não se dá só uma vez.
Vejo minha mãe muitas vezes chateada, pois as sobrinhas amadas já não ligam mais, ou nem se quer quando vem a SP vão visitar ao menos minha mãe.
Isso é tão verídico, que estando a escrever esse texto, meus olhos encheram de água, de lágrimas, e passa um filme em minha mente.
É tão difícil amar o próximo, quando esse próximo está tão perto de ti, que possui os mesmos laços sanguíneos, e que de uma maneira ou de outra foram criados com a mesma educação, apesar da diferença de idade.
Sinto muitas vezes, ser passional, mas sou a mistura de minha mãe e de meu pai, sou um pouco de Pedro, que decepou a orelha de um judeu, e sou um pouco de Paulo, que perseguia os cristãos, e que nessa união de misturas, sou o que sou, posso melhorar, sim, mas a vida nos ensina que o amor é arte, e amar ao próximo como a si mesmo é um dom.
Não vou dizer, digo, escrever, que briguei com meus familiares, como disse sou passional, e até mesmo na questão profissional tenho meus deslizes, somos todos aqui, nesse Planeta Expiatório Aprendizes, e temos que buscar ajuda, reconhecer nossos erros, saber nossos anseios, nossas palavras amargas, mesmo aprendidas, e saber separar todos os dias o joio do trigo.
Se alguém que eu tenha discutido da minha família (Gonçalves, Mendes, Freire, Henriques, Motta, da Silva, Ferreira ...) ou da família que escolhi para viver com o mesmo sobrenome (Riveiro, Castro...), nunca brigou por amor, ou discutiu com palavras amargas, que me atire a primeira pedra.
 
Me sentindo rejeitada por minhas irmãs-primas Adelia Henriques e Angela Maria.
Desculpe, e que Deus as abençoe sempre. 
Paz e bem.
São Paulo, 11 de Fevereiro de 2020.
16 horas e 58 minutos.
 
Teka Castro, filha, prima, sobrinha, esposa, mãe, professora, escritora, cidadã.

https://educadoreslive.com/quanto-mais-honesto-e-direto-voce-for-mais-sozinho-ficara-segundo-estudos/?fbclid=IwAR1ctCSMzLXSiiladEtF6pNHEbzuGWVpuglmpTmlPwBZkq8aSZhZDBVvto8


Após ter escrito esse texto vi algo encantador e por isso divulgo aqui, parece que é providência divina.

https://www.recantodasletras.com.br/oracoes/6825644
Observação: são 20h e 12min.
Eu e o Edu acabamos de chegar do "NEPT" que está  localizado na rua Nova Fátima. 
O tema de hoje foi o Perdão como cura dos males.
É parece que o tema escrito aqui nesse poema era realmente para ser desenvolvido. Acredito que tudo tenha um grande significado.
Apenas agradeço meu Deus!
https://blogdonept.blogspot.com/?m=1
Teka Castro
Enviado por Teka Castro em 11/02/2020
Alterado em 11/02/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
e mail: alegabema@gmail.com