Poesias, assim como crianças são dádivas de Deus.

A alquimia da vida presentes em meus atos.

"Deus tudo perdoa, o homem pode até perdoar. Mas, a mãe Natureza, jamais perdoará o que fizermos."

Textos


De repente o tempo passa,
Ultrapassa meus ideais.
Busco a paz.
E sozinha na noite sombria,
Me desejo.
Aguardo os anseios.
O segredos.
Sou um ser que ama como vampiro,
Na ilusão de sugar dos outros a vida.
Defendo a memória de muitos.
E, num tempo louco,
Sou amante, amada, e reponho meus ideais.
E, além de tudo,
Posso transformar o mundo apenas com poesias.




São Paulo, 7 de janeiro de 2020.
Téka Castro.
Teka Castro
Enviado por Teka Castro em 07/01/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
e mail: alegabema@gmail.com