Poesias, assim como crianças são dádivas de Deus.

A alquimia da vida presentes em meus atos.

"Deus tudo perdoa, o homem pode até perdoar. Mas, a mãe Natureza, jamais perdoará o que fizermos."

Textos


Lembrando que em datas como ocorre agora, onde se antecede a Quaresma, tempo de penitência, de introspecção, vem a festa da carne, vem a tona fantasias, ironias, e ousadias da pessoas, que muitas vezes se transformam em suas próprias vaidades.
Lembro que um amigo e escritor, pesquisava sempre, e antes do dia, colocava na internet sua pesquisa, seu papel, fundamentando assim a História, dando objetivos claros e por que não dizer raros para nosso conhecimento.
Carlos Leite Ribeiro, criador do portal CEN, sempre escrevia sobre fatos reais para nosso conhecimento, e em seus pensamentos, falou-nos do Carnaval, e assim, mostrava em uma ordem histórica o que era, como se produzia, e tudo mais, dando aspectos bibliográficos para nossa procura, seja até mesmo numa simples pesquisa para as aulas de Artes, ou de História.
Sabemos hoje que o carnaval é mundialmente conhecido, no Brasil, chega pessoas a só trabalharem com isso, mal termina um, já nas ideias dos organizadores, vem o próximo.
O que muitas vezes não entendo, é que o povo se deixa sucumbir por drogas, bebidas e prazeres carnais, deixando uma má impressão no quesito total do carnavl.
Eu não sou de apreciar muito, acho  bonito as máscaras de Veneza, a beleza de outrora de um carnaval de época, mas atualmente com tantas misturas musicais, como o funk, vemos que muitas mortes ocorrem muito nesse época.
Temos que nos concientizar com certeza de não nos alimentarmos de ironia e saber respeitar a vida, nossa e do outro, afinal somos todos iguais.
Links bibliográficos:
CarnavalInfo EscolaOrigem Carnaval.

Tereza Cristina Gonçalves Mendes Castro
São Paulo, 9 de Fevereiro de 2018. 
Sexta que antecede Carnaval de 2018.
In memoriam aqueles que já partiram em bailes, blocos de ruas, que aconteceram há uma semana.
Teka Castro
Enviado por Teka Castro em 09/02/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
e mail: alegabema@gmail.com