Poesias, assim como crianças são dádivas de Deus.

A alquimia da vida presentes em meus atos.

"Deus tudo perdoa, o homem pode até perdoar. Mas, a mãe Natureza, jamais perdoará o que fizermos."

Textos


Não entendo algumas diferenças que ocorrem.
Estudei desde criança e ainda estudo,
Pois no mundo químico,
Tanta coisa muda diariamente.
Não entendo, como num repente,
Alguns jogadores de futebol
Recebem mais que um estudante 
Que se doutorou em sua especialidade.
E, cedo se aposentam,
E não são chamados pelos exs presidenciáveis 
Ou presidenciáveis de vagabundos.
E, admiro quem joga bem,
Mas não entendo o porque
Valorizar com bilhões e outros mais,
Enquanto que a maioria se ferra todos os dias.
Mão consigo entender essa injustiça
Que se traduz,
Mas sei também não são todos jogadores,
Alguns ganham misérias,
Passam fome e não tem um time,
Não dão oportunidades ao talento,
Enquanto outros,
Todos falam e não se calam as vaidades da mídia.
Fico aqui indignada com a situação,
Em que a vida age,
E de modo tão covarde nessa desigualdade profissional,
Pessoal e de outros fatos.
Isso é um injusto ato em que no século XXI 
vivemos.
Onde será que erramos de fato???


São Paulo, 4 de Fevereiro de 2018.
Ofereço a todos os aniversariantes de fevereiro, entre eles ao jogador Neymar Jr (5/2).  
Paz e bem.
Tereza Cristina G Castro.
Teka Castro
Enviado por Teka Castro em 04/02/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
e mail: alegabema@gmail.com