Poesias, assim como crianças são dádivas de Deus.

A alquimia da vida presentes em meus atos.

"Deus tudo perdoa, o homem pode até perdoar. Mas, a mãe Natureza, jamais perdoará o que fizermos."

Textos


Tanto eu quanto a vovó já vivemos.
Fizemos tanto por vocês, ensinamos que devemos cuidar do que é nosso, e também da questão ambiental.
Sem contar de que valorizar aos estudos é fundamental.
Filhos, não deixarei em testamento jóias raras, pois vocês já o são, não deixarei dinheiro, pois não acumulei, vivi, fui a labuta com 18 anos, e sua vovó Deonilde aos 9 anos de idade, já trabalhava em casa de família lá em Portugal.
Se hoje temos uma morada, foi cedida pelos teus avós: Deonilde e in memoriam Francisco. Sim, o velho Chico nos deixou amparados, mas eu não sei se vou poder deixá-los confortáveis.
Peço meus filhos, Alexia Cristina, Emmanuel e Anna Clara, lutem por um mundo justo, não discutam a toa, saibam ouvir as pessoas, e estudem sempre, pois os estudos é tudo que levamos para o túmulo.
Meus filhos, procurem não falar palavras de baixo calão, procurem Deus silenciosamente em oração, lembre-se de Respeitar as pessoas, em especial aos mais velhos, mas não sejam tolos, saibam diferenciar o joio do trigo, peçam sabedoria e orientação a Deus, procurem ter uma religião que pregue e trabalhe com a Paz, Amor, e não faça de seus fiéis clientes para pagamentos de milagres.
Filhos, Deus está em pequenas atitudes boas das pessoas, em nosso amor a Natureza, e no respeito aos nossos pais e irmãos. 
Filhos, o amor é tudo, e eu os amo, sei que reclamo muito de vocês, talvez não tenha ensinado o suficiente, e como disse uma prima minha, prima de vocês de segundo grau, muitas vezes tenho palavras amargas, mas meu coração se preocupa com tanta situação que há no mundo que eu não sei o que fazer. Peço, apenas que venham estudar e muito, acreditem no potencial de vocês e aceitem também suas limitações, acreditem, meus filhos, têm muitos trilhos no mundo, sigam sempre aquele que for mais espinhoso, pois os levará a Deus, os caminhos fáceis, e largos levarão as armadilhas do maligno.
Filhos, desculpe muitas vezes meu jeito, mas não vim com manual de instrução, vim apenas como uma receptora para recebê-los na Graça de Deus, e sei que eu poderia fazer melhor, por isso, meusfilhos, quero dizer que os amo demais, e desejo sempre muita e muita paz.
Mamãe.
24/1/2018 12:28h.
Teka Castro
Enviado por Teka Castro em 24/01/2018
Alterado em 27/01/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
e mail: alegabema@gmail.com