Poesias, assim como crianças são dádivas de Deus.

A alquimia da vida presentes em meus atos.

"Deus tudo perdoa, o homem pode até perdoar. Mas, a mãe Natureza, jamais perdoará o que fizermos."

Textos


Entardeceu e eu começo a acordar
Vou me alimentar do beijo pecaminoso
Vou invadir teu corpo, 
E, pouco a pouco me deixar levar com clareza.
A beleza de sonhos
Do olhar tristonho que tenho,
Mantenho um segredo,
Nas sombras da noite vivo com um desejo,
Vejo que a vida se aproxima.
Numa rima que somente eu sei o que posso.
Quero restabelecer um reino,
E, em teus braços ficar em paz.
Teka Castro
Enviado por Teka Castro em 19/05/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
e mail: alegabema@gmail.com