Poesias, assim como crianças são dádivas de Deus.

A alquimia da vida presentes em meus atos.

"Deus tudo perdoa, o homem pode até perdoar. Mas, a mãe Natureza, jamais perdoará o que fizermos."

Textos

Aprisionados
Hoje as leis mudam diariamente,
E as pessoas corretas, acorrentadas em seus lares.
Os direitos humanos, não vem visitar aos familiares de policiais,
Vítimas fatais do pior dos bandidos, nossos governantes.
Distantes da realidade vivenciada pela população,
Estão em suas piscinas de ouro, nadando em milhões,
E, a população, inundados pelos lixos jogados,
Ilhados, em seu próprio medo.
A vida sendo insustentável brinquedo,
E, pessoas desaparecem do nada,
São vítimas dos cartões de crédito que possuem,
Mas, são pessoas comuns, que desaparecem e somos precários.
Otários das leis que vivenciamos ao longo da história,
A vitória, é apenas dos assassinos que se tornam presidentes.
Ou outros governantes com pactos diabólicos,
Que mutilam e dilaceram famílias brasileiras.


Ofereço ao colega desaparecido, professor de História.
Teka Castro
Enviado por Teka Castro em 09/01/2013
Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
e mail: alegabema@gmail.com