Poesias, assim como crianças são dádivas de Deus.

A alquimia da vida presentes em meus atos.

"Deus tudo perdoa, o homem pode até perdoar. Mas, a mãe Natureza, jamais perdoará o que fizermos."

Textos


Pedido de ajuda
Não sei mais orar como antes, estou tão de ti distante
Por ventura e aventuras me perdi
Enclausurei-me dos amigos e familiares
Rabisquei minha tela na aquarela da vida.
Não sei mais ir, onde posso eu encontra saída???
Lendo aqui no RL, mensagens tão belas, que transformam,
Mas em mim nada mudou.
Compartilho um amor único, mesquinho, só meu.
Por que meu Deus???
Sou esquizofrênica, ou neurastênica a ponto do suicídio.
Já matei, agora quero ir.
Por que estou assim???
Te interrogo, o meu Deus, só tu sabes tanto do meu pranto, de mim.
Sou volátil criatura, na desventura cara do viver.
Não mereço amarrar tuas sandálias, nem tampouco te ver.
Sei que para mudar o mundo, devo começar por mim.
Mas, não compreendo por que quandoescrevo sou eu mesma,
Mas meu agir é momentâneo, rápido, fugaz e espontâneo.
Quero compartilhar, nesse amanhecer, onde as folhas do roxo ipê já caíram,
Sucumbiram como minh'alma.
Acalma, Senhor meu coração, quero sentir, ofertar o teu perdão.
Quero tua ajuda, Senhor!!!
Por favor, me acuda da maneira que for.
Deixa eu cavalgar para um lugar onde só contigo possa gritar.
Quero o vento no meu rosto, a chuva me lavando do desgosto e eu possa novamente AMAR!!!
Teka Castro
Enviado por Teka Castro em 24/07/2012
Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
e mail: alegabema@gmail.com